Equipe Filhos do Vento

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinyoutubeinstagram

Imagem16Para descrever a Equipe Filhos do Vento, eu usaria a palavra FAMÍLIA

Nasci no esporte de endurance na melhor assessoria do Rio de Janeiro, em agosto de 2003. Naquela época, ainda não havia o “boom” da corrida e correr ainda era meio “estranho”. Não havia mídia social, Facebook, Instagram. Conhecia-se poucos corredores que faziam maratonas e afins. Minha história de corrida e endurance se mistura com a minha história nesta assessoria.

Dei a sorte de fazer musculação numa academia onde o professor da avaliação funcional era o Ricardo Sartorato. Na avaliação, falei com ele sobre corrida e descobri que ele tinha uma assessoria. Eu estava começando a correr, estava começando a me interessar por gasto energético, distância e afins. Sartorato me deu uma aula de energia, com linguagem pra engenheiro algum colocar defeito. 

No auge da minha arrogância de engenheira recém-formada, fiquei abismada. Como um professor de educação físcia poderia discutir sobre energia cinética, energia potencial, deslocamento, conservação de energia? Sai dali com dois artigos científicos sobre gasto energético, em inglês, entregues a mim por ele.

Como uma boa nerd, fui ler e eu realmente me apaixonei pelo Cabelo. Ooooooops, digo, pelo Ricardo Sartorato. Ele também era bem novo naquela época. E não era mesmo comum um professor de educação física ser tão estudioso, ainda mais em áreas tão científicas.

Fiz uma corridinha de rua de 6k, a minha primeira, ainda sem orientação. Sensação? Parecia que eu tinha ganho uma medalha olímpica. Incríveis 41 minutos! Depois disso, viajei para o interior de BH, fiquei num hotel onde havia uma esteira. E nada mais. Uma sala de paredes brancas e uma esteira. Subi nela e decidi que só sairia dela quando o relógio “zerasse”, com 99’59.

Uma pausa para uma reflexão: um atleta de endurance não se torna atleta de endurance. Ele se descobre atleta de endurance. Eu não sabia que longas distâncias existiam! Eu não sabia, simplesmente fui atraída por ficar ali “pra sempre” numa esteira.

Depois disso, comecei a enxergar provas de corrida de rua até que uma me saltou aos olhos: Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro. U-A-U. Sair de São Conrado e chegar no Aterro correndo? Incrível! Naquele instante sabia que precisaria de orientação específica! Não sairia correndo esta distância sem orientação. Quem eu busquei? O super Sartorato.

Ele disse que estava muito em cima, mas que faríamos um teste. Contei que eu havia corrido 1h40 na esteira. Fizemos o teste: duas voltas na Lagoa, 15k. Fiz com ele e mais uma amiga. Terminamos, eu e ela, mortas. Mas felizes num nível incomparável. Fizemos a Meia Maratona juntas! Quando cheguei na tenda da assessoria, perguntei ao Coach Ricardo Sartorato: “quando é que faço a Maratona”?

E este foi o começo de tudo. Desde então, digo que ele é o homem que manda na minha vida! Ele decide o que eu posso fazer, se posso viajar, se posso ou não fazer determinada prova maluca. Ele manda em mim.

A Equipe FDV (Equipe Filhos do Vento) é liderada pelo Ricardo Sartorato (o Cabelo) e Alexandre Lima (o Jovem). São pessoas completamente diferentes, ambos com papéis essenciais e vitais à assessoria. A prova disto? Estes dois conseguiram criar uma empresa que, ao longo de todos estes anos, conserva as mesmas características:

Altíssimo nível técnico e específico na prescrição do treinamento. Minha planilha é semanal e só minha. Ao longo de todos estes anos, não houve uma semana sequer que eu não recebi a minha planilha na segunda-feira ao longo do dia ou na terça antes das 6h da manhã. NUNCA. Nunca veio com nome de outro aluno, com treino de outro aluno, com ritmos ou volumes estranhos.

Clima entre os alunos insuperável. Incrível a capacidade de atrair gente bacana.

Nível de retenção inacreditável. A equipe só cresce.

Serviços prestados só melhoram. Atenção aos detalhes e empenho em fazer mais e melhor sempre que eu não vejo em nenhum outro local da minha vida.

Formação de profissionais “in house”. Garantia da qualidade da prescrição, independente do professor que orienta.

Eu sou LOUCA por eles. Fã. Não importa o rumo que a vida destes meninos tomar: serei sempre FDV. Aliás, falávamos FDV 4ever, lembra, Jovem?

Estou neste meio há anos. Tenho uma visão crítica de gestão de empresas por trabalhar com isso. Dou atenção a isso, percebo, observo, acompanho. Não conheço nenhuma outra assessoria com o nível de profissionalismo e carinho que estes dois entregam à assessoria. Sou muito grata por ter vocês na minha vida e por fazer parte desta história de sucesso!

Num meio tão complicado como o de educação física, vocês souberam se destacar fazendo simplesmente o melhor

Vocês são referência para o mercado. Referência de conhecimento técnico, de ambiente, de profissionalismo na gestão da assessoria e, especialmente, referência de valores e de caráter.

Eu tenho muito orgulho de dizer que tenho sangue laranja! OBRIGADA! Força e honra! =)

Visite o site da assessoria aqui: http://www.equipefdv.com.br.

 

Comentários

Comentários

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

You may also like...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *