Saudade do tempo onde as pessoas faziam cerimônia.

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinyoutubeinstagram

blog_calarabocaCadê a cerimônia? Sério mesmo, alguém sabe o que está acontecendo? Alguém consegue explicar que diabos houve com as pessoas nas mídias sociais? Saudade do tempo onde as pessoas faziam cerimônia para tecer comentários sobre qualquer coisa.

De uns tempos pra cá, parece que todo mundo é capaz de fazer discursos inflamados sobre todos os assuntos que cruzam suas redes sociais. Qualquer pessoa que nunca leu, não tem o menor contato, jamais parou para refletir sai por aí fazendo afirmações e, não raro, agressões aos interlocutores.

Lembro bem dos tempos de colégio e até mesmo de faculdade, mestrado e afins, onde as pessoas sentiam vergonha de falar uma besteira, fazendo com que elas refletissem bastante antes de soltar algum comentário.

Pra ser bastante honesta, acho que o “problema” não se espalhou ainda pelas esferas do mundo real. Acho mesmo que a questão está ainda concentrada nas mídias sociais. Será que podemos dizer que as mídias sociais exploram “o covarde que existe em você”? Sim! Covarde mesmo! Porque as pessoas se escondem atrás das telas de seus celulares e monitores, falam o que vêm à cabeça com uma total falta de crítica e de reflexão; mas quando a vida real acontece, emudecem.

De futebol a filosofia, passando por política, antropologia, medicina, treinamento esportivo, nutrição, os comentadores virtuais despudorados têm respostas, comentários e críticas das mais cansativas. A consequência mais triste que vejo nisto tudo é a total perda de oportunidade de discussão saudável, agregadora, produtiva.

E como podemos esperar, em função do vazio dos comentários, a discussão acaba descambando para agressões pessoais, que só servem para encher o mundo de ódio, raiva e manutenção da ignorância.

Saudade do tempo onde as pessoas faziam cerimônia diante de temas mais complexos e/ou do âmbito de sua ignorância.

Comentários

Comentários

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

You may also like...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *